Camerata Florianópolis divulga campanha de financiamento coletivo para recitais virtuais

A iniciativa tem como objetivo amenizar os prejuízos dos cancelamentos das apresentações

Impedidos de se apresentar de forma presencial, músicos tem buscado se reinventar para manter apresentações e também conexões com o público. Por isso, a Camerata Florianópolis lançou uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar recitais que serão transmitidos ao vivo pela internet. As apresentações começam em abril e visam gerar entretenimento para as pessoas que se encontram em casa neste período de quarentena e gerar trabalho para os músicos envolvidos com a orquestra.
Quem apoiar a iniciativa receberá um link para acessar a sala da orquestra nos horários marcados para as transmissões e poderá participar de um bate-papo com os músicos. Essas apresentações poderão contar com participações especiais de convidados – como costuma acontecer nos espetáculos “físicos” da orquestra. Caso o apoiador não consiga acompanhar as apresentações nos horários indicados, poderá solicitar o link para assistir às gravações em horários de sua preferência.
A meta é arrecadar R$ 100 mil até o próximo mês. Contribuições podem ser feitas por meio do site Kickante e podem variar de R$ 30,00 a R$ 10.000,00. Estão programados 25 recitais individuais para violino solo, viola solo, violoncelo solo e piano, duetos, apresentações para quartetos e quintetos de cordas; tudo com direção artística do maestro Jeferson Della Rocca e produção de Maria Elita Pereira.
“A nossa música não pode parar”, afirma Della Rocca. Ele explica que a iniciativa tenta amenizar os efeitos de uma série de cancelamentos e adiamentos das apresentações programadas para os próximos meses. “Os efeitos desta situação são terríveis para o meio das artes e entretenimento, mas, agora, o que importa é que cuidemos todos da saúde do corpo e também da alma – e eu, acredito, de coração, que a arte pode nos ajudar nestas duas coisas”, completa o maestro.

Para conhecer e participar do financiamento clique aqui.